segunda-feira, 12 de março de 2012

Outros Quatrocentos



Anjo da Guarda, protegei minha Cidade Operária!

Meu São Francisco, minha Madre de Deus, dêem-me Liberdade para escolher um prefeito Camboa intenção.

São Cristóvão, padroeiro dos motoras, multai o trânsito por nós!

Minha Janaína, oferenda do Sol e Mar, Yemanjá!

Dai-me uma Vila Esperança para tantas crianças.

Pela irreverência de Maria Aragão na salvação da capital do Maranhão.

Do Anil à Fabril, prefeitos para aquela que os pariu!




Foto: Handson Chagas

5 comentários:

  1. Faz pratos saborosos. Atiça a pele, dá brilho nos olhos. De todas a melhor receita. É de letras.

    ResponderExcluir
  2. Non. No Ato! É você, meu Reis, meu mestre e inspirador na crônica jornalística. Obrigada pela crítica generosa e o habitual incentivo.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Lio, meu lírio na ribeira! Ainda não desisti de ti... ainda haveremos de mexer o mesmo caldeirão criativo, em ponto de ebulição! Bjos de jujuba.

    ResponderExcluir